Reflorestando o Brasil

Reflorestando o Brasil

Participe, independente do tamanho do seu projeto!

Que legado você deixará para a próxima geração? Envolva-se, junte-se a nós!

Coordenadoria CNESR
Lema 2021-23

1ª edição: Projeto

Justificativa

A brilhante ideia do Dr Amário Cassimiro da Silva para o desenvolvimento de projeto reflorestamento no âmbito das diversas regiões brasileiras, encontrou convergência total com as metas de trabalho desenvolvidas pela Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos (CNESR), mediante a força de transformação das Casas da Amizade e Associações de Senhoras de Rotarianos. Trata-se de uma proposta sustentada na real percepção da realidade ambiental que ora mobiliza as comunidades mundiais em busca da adoção de práticas sustentáveis possibilitadoras de uma vida saudável às atuais e futuras gerações de todos os seres viventes.

As mudanças climáticas não são mais um espectro distante a nos amedrontar. É uma realidade vivenciada pelas altas temperaturas, escassez de recursos hídricos, eventos climáticos extremos, tempestades de areia, elevação do nível do mar, invasão das terras preservadas pelos povos originários, avanço do garimpo, desmatamento, queimadas inconsequentes, além da utilização de modelos agrícolas e pecuários contrários às lições da natureza viva e pulsante.

Diante deste cenário extremamente preocupante, a Coordenadoria Nacional das Entidades de Senhoras de Rotarianos aceitou esta desafiante tarefa por contar com 13 Coordenadorias Distritais e 209 entidades atuantes em suas realidades locais, sediadas em todas as regiões brasileiras, sob a perspectiva da realização de um trabalho efetivo junto ao Rotary Club of Boca Raton- West (RC BRW) acrescido de outras parcerias com clubes locais de Rotary, Rotaract e Interact; órgãos governamentais e ONGs ambientais, de forma a assegurar êxito na execução do projeto Reflorestando o Brasil.

Objetivo Geral

Promover a realização de projetos de reflorestamento em espaços urbanos e rurais por meio da mobilização das Entidades de Senhoras de Rotarianos, localizadas em diferentes regiões brasileiras, numa perspectiva de Educação Ambiental, que contemple a recomposição da cobertura vegetal, a recuperação/preservação de nascentes, a formação da consciência e cuidado com o Planeta Terra.

Objetivos Específicos

Concurso e Premiação

Etapas

INSCRIÇÃO

A Casa da Amizade interessada deverá inscrever-se no concurso por meio do preenchimento do Google Formulários.

ELABORAÇÃO

Um esboço do projeto deverá ser enviado para a Comissão Organizadora por AQUI.

DESENVOLVIMENTO

Relatórios Parciais: entregas até o último dia do mês de outubro/2022 (fase 1) e em fevereiro/2023 (fase 2). Os relatórios deverão conter texto e fotos. Convertam o relatório em um arquivo PDF e enviem para projetoreflorestandoobrasil@gmail.com.

CONCLUSÃO

O Relatório Final do projeto deverá ser encaminhado para a Comissão Julgadora pelo e-mail projetoreflorestandoobrasil@gmail.com até em maio de 2023.

AVALIAÇÃO

Os projetos serão analisados e classificados pela Comissão Julgadora.

PREMIAÇÃO

Os projetos vencedores receberão a premiação durante a realização do XXIX ENA, de 3 a 5 de agosto de 2023.

Cronograma

2022

2023

Classificação da Premiação

O projeto Reflorestando o Brasil premiará as participantes do concurso de acordo com as colocações abaixo e ainda oferecerá uma PREMIAÇÃO ESPECIAL para a Coordenadora Distrital que apresentar o maior número de Casas da Amizades inscritas no projeto.

Biomas do Brasil

O Brasil é formado por seis biomas de características distintas:  Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal. Cada um desses ambientes abriga diferentes tipos de vegetação e de fauna.  Como a vegetação é um dos componentes mais importantes da biota, seu estado de conservação e de continuidade definem a existência ou não de hábitats para as espécies, a manutenção de serviços ambientais e o fornecimento de bens essenciais à sobrevivência das populações humanas. 

Para a perpetuação da vida nos biomas, é necessário o estabelecimento de políticas públicas ambientais, a identificação de oportunidades para a conservação, uso sustentável e repartição de benefícios da biodiversidade.  

Conheça mais sobre os seis biomas brasileiros clicando sobre a foto correspondente acima.

Comissão Organizadora

Cleuza Maria Rizo

Coordenadora Nacional das Casas da Amizade

Luciana Beuke

PRESIDENTE DO RC BOCA RATON-WEST

AMÁRIO CASSIMIRO

IDEALIZADOR DO PROJETO REFLORESTANDO O BRASIL

Josefina Moraes

COORDENADORIA DE MEIO AMBIENTE DA CNESR

Cecília Lopes

COORDENADORA DO PROJETO REFLORESTANDO O BRASIL

Gina Valle

ASSESSORA TÉCNICA ESPECIALIZADA

Marli Saraiva

REVISORA ORTOGRÁFICA E DE CONTEÚDO

Depoimentos

Para o plantio das árvores firmamos parcerias com as escolas municipais, estaduais e outras entidades, pois a necessidade de se respeitar, cuidar e valorizar o meio em que vivemos deve ser estimulado desde a tenra idade. A comunidade em geral abraçou a causa, com muita seriedade e responsabilidade, porque reflorestar é uma forma de garantir a nossa sustentabilidade. O projeto Reflorestando o Brasil veio reforçar ações que desenvolvemos há muitos anos: o plantio de árvores, recuperação de nascentes e soltura de alevinos que a Casa da Amizade realiza em parceria com o Rotary.
Maria Teresa Iwakura
Presidente da ASR Assis Chateaubriand, D4640
Eu quero aqui registrar a minha imensa satisfação com o resultado que o projeto Reflorestando o Brasil vem alcançando entre as Casas da Amizade do Distrito 4571 e as parcerias com os Clubes de Rotary. As Casas da Amizade estão motivadas e totalmente comprometida com esse projeto. Confesso que todo esse movimento ascendeu a chama da esperança em nossos corações. Sabemos que o reflorestamento é uma das maneiras mais conhecidas e eficazes de recuperar áreas degradadas. Queremos deixar esse legado para os nossos netos. Cuidar da natureza e cuidar da nossa vida.
Kátia Fávaro
Coordenadora Distrital das Casas da Amizade, D4571
Quando a CNESR apresentou o projeto Reflorestando o Brasil, vibramos, uma vez que, ao dividir os participantes entre os biomas brasileiros, permitiu-nos promover o Pinheiro do Paraná que tem muito significado para nós. É uma iniciativa de grande potencial. A adesão ao projeto cresce diariamente, agregando novos parceiros como a EMATER - Universidade Federal, os sindicatos, as escolas e os agricultores. Houve um interesse imediato por parte da Secretaria de Meio Ambiente de Realeza que prontamente nos procurou em conjunto com mais duas secretarias, Educação e Agricultura.
Eunice Parasium
Coordenadora Distrital das Casas da Amizade, D4640

Junte-se a nós!

Gostaria de voluntariar-se, propor uma parceria ou outras informações, por favor, preencha o formulário abaixo: